Atividades Didáticas On-line

.

Blog e internet como atividades didáticas???

.

Sim! Para cursos de Economia caem como uma luva, mas considerando que “se encontra de um tudo nesta internet hoje em dia” você pode adaptar essa estratégia para ensinar em qualquer área de conhecimento. Basta ter criatividade e disposição para o trabalho extra!

Para entender como implemento esta atividade, veja este meu artigo recente na Grad+:

SILVA, R. “Inovações Didáticas no Ensino de Economia: Experimentos Econômicos, Atividades On-line e Autoavaliação” Revista de Graduação USP, v. 1, n. 1, p. 59, 18 jul. 2016.

Pontos importantes para qualquer atividade didática:

  1. objetivo de aprendizado claro;
  2. avaliação e feedback para os estudantes. 

Nesta página, mantenho os registros das atividades didáticas on-line realizadas com minhas turmas de graduação desde 2012. Todos as postagens abaixo foram produzidas pelos estudantes, em grupos, e foram avaliadas em termos de qualidade do texto produzido, do ponto de vista econômico, claro, e da participação dos estudantes comentando as atividades semanais.

 

Atividade online

 

.

Turma de Macroeconomia I – 1º sem. 2016

.

Começamos o semestre com uma enquete, a partir das possibilidades de atividades didáticas apresentadas na primeira aula (Enquete: o que faremos neste semetre?). Definida a atividade, este post Temas da Atividade Online – nossas aulas e o mundo! estabelece o formato da atividade e os temas, sorteados em sala entre os grupos formados pelos alunos.

Peso na média: 15,0%.

Estatísticas básicas: 

42 estudantes

Nota média de minha avaliação dos posts: 8.9

Nota média de participação com comentários: 6,9

Nota média final da atividade: 7,9

Crescimento econômico: capital físico e humano no Brasil
Crescimento Econômico aliado ao trabalho e a poupança
Política fiscal: gastos públicos no Brasil em grandes números
Política Fiscal – tributação no Brasil em grandes números
Inflação e taxas de juros: desempenhos comparados
Taxas de juros nominais e reais brasileiras – Conceitos e evolução recente
Principais índices de inflação brasileiros: metodologias e diferenças
WILLIAM “BILL” PHILLIPS E CURVA DE PHILLIPS
PIB, desemprego – Brasil, emergentes e desenvolvidos: desempenhos comparados
Emprego e Desemprego – como medimos?
Grandes Números das Contas Nacionais Recentes
Principais Escolas do Pensamento Macroeconômico
 .

Turmas de Economia Monetária – 2º sem. 2015

Neste semestre, as turmas dos cursos de Economia e de Economia Empresarial e Controladoria realizaram uma atividade em três etapas ao longo do semestre, e produziram análises de conjuturas e cenário para o próximo ano. Cada grupo detalhou um setor da macroeconomia aberta e apresentou suas análises ao final do semestre, esta atividade não utilizou o blog!

.

Turma de Macroeconomia I – 1º sem. 2015

Descrição: Cada trio ficou responsável por pesquisar notícias sobre tema definido e sorteado em sala e produzir um texto com conteúdo conceitual/teórico e não-opinativo sobre o assunto, citando fontes e links para as notícias pesquisadas (máximo 3).
O texto deveria buscar uma linguagem informal e que pudesse elucidar conceitos econômicos para um público amplo, contendo no máximo 4.000 caracteres com espaço. Cada estudante participa comentando e debatendo o texto/tema, indicando outras notícias relacionadas, e/ou ajudando a melhorar a explicação econômica do fenômeno.

Peso na média: 10,0%.

Estatísticas básicas: 

38 estudantes

Nota média de minha avaliação dos posts: 8.1

Nota média de participação com comentários: 6,0

Nota média final da atividade: 7,1

Grupo I – Inflação e Taxa de juros nos RICS
Grupo C – Produto e Desemprego nos RICS
Grupo H – Inflação e taxa de juros na América Latina
Grupo J – Produto e desemprego na AL
Grupo E – Inflação e Taxa de Juros no Brasil a partir de 2003
Grupo G – Produto e Desemprego no Brasil a partir de 2003
Grupo F – Taxas de juros e desemprego na Zona do Euro
Grupo L – Produto e Inflação na Zona do Euro
Grupo K: Inflação e Taxas de Juros nos EUA
Grupo B: Produção e emprego nos EUA
.

Turmas de Economia Monetária – 2º sem. 2014

Descrição: Cada trio ficou responsável por pesquisar notícias sobre tema definido e sorteado em sala e produzir um texto com conteúdo conceitual/teórico e não-opinativo sobre o assunto, citando fontes e links para as notícias pesquisadas (máximo 3).
O texto deveria buscar uma linguagem informal e que pudesse elucidar conceitos econômicos para um público amplo, contendo no máximo 4.000 caracteres com espaço. Cada estudante participa comentando e debatendo o texto/tema, indicando outras notícias relacionadas, e/ou ajudando a melhorar a explicação econômica do fenômeno.

Peso na média 7,5%

A disciplina foi ministrada para dois cursos: Economia (ECO) e Economia Empresarial e Controladoria (ECEC)

Estatísticas básicas ECO: 

40 estudantes

Nota média de minha avaliação dos posts: 8.1

Nota média de participação com comentários: 4,5  (baixa adesão, turma pequena)

Nota média final da atividade: 5,8

Estatísticas básicas ECEC: 

37 estudantes

Nota média de minha avaliação dos posts: 7,6

Nota média de participação com comentários: 6,5

Nota média final da atividade: 6,8

.

ECEC O – Políticas macroprudenciais no Brasil
ECO L – Políticas Macroprudenciais
ECEC J – Políticas Macroprudenciais no Mundo
ECO O – Países que adotam o regime de metas de inflação
ECEC G – Países que adotam Metas de Inflação
ECO C – Países que adotaram Metas de Inflação
ECEC E – Outros exemplos de Âncora Nominal
ECO I – Outras âncoras nominais – exemplos práticos
ECO R – Outras Âncoras Nominais
ECO F – Âncora Cambial e o Brasil pós Plano Real
ECEC C – Âncora cambial no Plano Real
ECEC B – As Reservas Compulsórias no Brasil
ECO J – Compulsórios no Brasil
ECEC N – O Novo Sistema de Pagamentos no Brasil
ECO G – O Sistema de Pagamentos Brasileiro
ECO Q – Sistema de Pagamentos Brasileiro
ECO P – A Crise Financeira de 2007-2008
ECEC M – A Crise de 2008
ECEC A – Crise Financeira de 2007-2008
ECEC D – Principais mercados de ações internacionais
ECO A – Eficiência nos mercados de capitais
ECO H – A estrutura da taxa de juros no Brasil
ECEC F – A Estrutura a Termo das Taxas de Juros no Brasil
ECO E – Abenomics: política monetária recente no Japão
ECEC L – Abenomics: política monetária recente no Japão
ECO N – Abenomics, vale a pena arriscar?
ECEC I – Taxas de Juros Zona Euro e Inglaterra
ECO B – Taxas de juros Zona Euro e Inglaterra – definições e dados
ECEC H – Taxas de Juros do FED – Definições e Dados
ECO K – Taxa de Juros do FED
.

Turmas de Finanças I – 1º sem. 2013

Esta atividade consistiu na leitura compartilhada de um livro paradidático, o Rápido e Devagar, do Daniel Kahneman, prêmio Nobel em 2002, como um contraponto à moderna teoria de finanças, tratada no conteúdo básico do curso.

A disciplina foi ministrada para o curso de Economina, como optativa, e houve apenas 6 participantes efetivos, de modo que uma parte da síntese e postagem do livro não foi cumprida por um dos grupos. Além da postagem do resumo, cada grupo apresentou sua síntese em sala, ao final do semestre, permitindo a integração geral da leitura e discussão.

Peso na média final de 10%.

Estatísticas básicas: 

6 estudantes

Nota média de minha avaliação dos posts: 7,9

Nota média de participação com comentários: 2,7  (baixa adesão, turma pequena)

Nota média de apresentação dos grupos: 8,3

Nota média final da atividade: 6,2

 

Rápido e Devagar – Atividade de Finanças Parte 5
Rápido e Devagar – Atividade de Finanças Parte 4 – não cumprido
Rápido e Devagar – Atividade de Finanças Parte 3
Rápido e Devagar – Atividade de Finanças Parte 2
Rápido e Devagar – Atividade de Finanças Parte 1
.

Turmas de Finanças I – 1º sem. 2012

Esta atividade consistiu na leitura de uma bibliografia complementar que sintetiza a visão da neurociência sobre a tomada de decisão, como um contraponto à moderna teoria de finanças, tratada no conteúdo básico do curso.

A proposta da atividade por ser vista nestes posts aqui e aqui.

Um resumo da atividade:

1. Vamos ler o livro “How we decide” de Jonah Lehrer juntos (eu já li, mas vou ler novamente!), buscando compreender os demais fatores que afetam as decisões em geral (e financeiras, em particular) e como os avanços das neurociências estão contribuindo para o desenvolvimento (revolução??) da teoria financeira;

2. A atividade será realizada em grupos de até 4 componentes, e cada grupo vai se responsabilizar por produzir um texto para o blog, discutindo um capítulo do livro.

3. Todos os estudantes, inclusive do próprio grupo, participarão comentando o post, ressaltando outros aspectos do capítulo, deixando sua opinião, criticando, perguntando… ou o que quiserem!! Esse é um espaço informal e democrático!! Eu participo também dando minha opinião e fazemos uma síntese das participações em sala de aula.

4. Ao final do semestre, cada grupo preparou uma apresentação de sua parte do livro, como finalização da atividade.

5. Peso na média final: 15%

Estatísticas básicas: 

36 estudantes

Nota média de minha avaliação dos posts: 7,7

Nota média de participação com comentários: 3,0  (baixa adesão, por ser a primeira experiência)

Nota média de apresentação dos grupos: 7,2

Nota média final da atividade: 6,0

Como Decidimos? Parte 1 (03/04/2012)

Como Decidimos? Parte 2 (12/04/2012)
Como Decidimos? Parte 3 (19/04/2012)
Como Decidimos? Parte 4 – Grupo 04 (05/04/2012)
Como Decidimos? Parte 4 – Grupo 09 (05/04/2012)
Como Decidimos? Parte 5 (10/05/2012)
Como Decidimos? Parte 6 (17/05/2012)
Como Decidimos? Parte 7 (24/05/2012)
Como Decidimos? Parte 8 e Coda (30/05/2012)

.

 

 

 

Comentários desativados em Atividades Didáticas On-line
%d blogueiros gostam disto: