Dicas para se preparar para provas


Estas dicas são especialmente para os meu alunos de Matemática Aplicada II, e se estendem ao estudo de conteúdos quantitativos e aplicados à economia, naturalmente.

Em primeiro lugar, identifique o assunto, o que é que você está estudando? Como esse assunto se relaciona com o que você já estou na área? O que tem de novidade? Quando você responde a essas perguntas você está construindo conexões em sua memória que facilitam a compreensão e o aprendizado efetivo, sem “decorebas”!!

Identificar o que é novo é importante para definir um foco claro e estudar de maneira eficiente. Confie no que você já sabe, não pense que será necessário estudar novamente todo o conteúdo anterior (desde limites e derivadas de função de uma variável, no nosso caso!!), apenas revisando aqueles pontos diretamente conectados ao que tem de novidade no estudo atual, se for necessário.

A partir da identificação do assunto em termos mais gerais, identifique os casos e as variações específicas. Para cada caso, esteja certo de que você sabe identificar a técnica de tratamento e/ou de solução adequados. Isso vai te poupar muito tempo no momento da prova, pois você diminui as chances de se atrapalhar tentando aplicar uma técnica de solução que não se aplica ao caso ou a um problema para o qual não há solução fechada (tais como boa parte das equações diferenciais não-lineares…)

Cumpridas as duas primeiras etapas, estude as técnicas de solução para cada caso. Aqui, cada estudante tem sua maneira própria – alguns gostam de resumir o conteúdo teórico, outros de apenas lê-lo, outros ainda preferem fazer esquemas lógicos mais visuais, etc. O importante é observar a regra geral: matemática (ou conteúdos quantitativos em geral) requer a prática, o treino, a resolução completa de exercícios, várias vezes. Apenas olhar, ler e achar que sabe fazer quando precisar não resolve em termos de um aprendizado efetivo, para a média dos estudantes – o treino é fundamental para a maioria de nós.

Depois dessas etapas de estudo, por se tratar de uma disciplina aplicada, é necessário associar as novas ferramentas e técnicas de solução ao conteúdo de Economia: identifique claramente as aplicações possíveis de serem realizadas para o seu nível de formação. Cheque se compreende o problema econômico envolvido e como o uso das novas ferramentas quantitativas melhora a sua compreensão sobre o assunto.

Se você estiver seguro de que compreende o básico, dedique um pouco do tempo e esforços intelectuais para pensar em outras variações possíveis, em extensões dos modelos ou formas diferentes de tratar o mesmo problema econômico, a partir do seu novo conhecimento quantitativo.  Afinal, você será um economista em breve!

E, o mais importante, estude com alegria! Com genuína vontade de aprender e de iluminar a escuridão da ignorância que nos acomete a todos nós, continuamente.

Bom estudo!

Anúncios

Uma resposta to “Dicas para se preparar para provas”

  1. Que tal prestar atenção no seu método de estudo? | Random Walk Says:

    […] post anterior, tratei do assunto com foco em disciplinas quantitativas aplicadas à economia (veja aqui), mas as dicas que quero deixar agora são gerais, baseiam-se nos avanços da neurociência que […]


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: