Sucesso e fracasso revisitados

 

Se você sempre acreditou que o seu sucesso ou fracasso em alguma atividade depende apenas de suas qualificações pessoais, vai encontrar no livro “Fora de série: Outliers“, de Malcolm Gladwell, uma perspectiva diferente sobre o tema. O autor chama a atenção para o papel do legado cultural e de outros aspectos, como o  momento histórico e as oportunidades alcançadas  tanto pelo próprio esforço quanto pela pura sorte, na determinação do sucesso em alguma atividade.

A regra das 10.000 horas que, segundo o autor, acompanha em geral as histórias de sucesso evidencia que não se pode ser realmente bom em alguma atividade complexa, se não se dedicar cerca de 10.000 horas a praticar tal atividade (o que corresponde a 4 horas por dia por cerca de 10 anos) – e isso só é possível se a pessoa realmente gosta do que faz. Para mostrar isso, o autor resgata exemplos a partir das biografias de Bill Gates e dos Beatles, dentre outros. Porém, só a conjunção de uma série de fatores pode levar o sujeito que praticou tudo isso a alcançar efetivamente o sucesso… e ele também dá exemplos desse outro lado, o dos fracassos.

Como reconhecimento de todos esses efeitos sobre a vida de um sujeito, Gladwell termina o livro contado a sua própria história, resgatando as condições de privilégio que seus antepassados alcançaram na Jamaica por conta da cor clara de suas peles e de outras vantagens obtidas pelo legado cultural e pela sorte também, o que me pareceu um bom exemplo de coragem e humildade perante sua própria história de sucesso.

Recomendo a leitura!

4 Respostas to “Sucesso e fracasso revisitados”

  1. claudio Says:

    Se um aluno de graduação cumprisse esta regra, ele teria de saber o que fazer em sua infância. Lógico, a mensagem principal talvez seja: se você tiver foco desde cedo, as coisas ficam mais fáceis.

    p.s. a leitura engraçada é que o sujeito teria que fazer cada semestre um bocado de vezes e, paradoxalmente, seria o melhor aluno. 🙂

  2. Liv´s Says:

    Além da pessoa saber exatamento o que quer – focando-se e trabalhando para aquele determinado objetivo, concordo com o fator sorte: estar no lugar certo na hora certa (momento certo), conhecer as pessoas certas e….um certa aura individual inclinada à sorte….

  3. bruna Says:

    Roseli, ha quanto tempo! Como vc esta? Ainda em Ribeirao? Se vc nao se lembrar, aqui é a Bruna da Lomo… 🙂 Há séculos parei de fotografar loucamente, abandonei o site, mas te vi agorinha no facebook e passei por aqui. Meu, que coincidencia. Comprei e estou lendo um livro do Maxwell esses dias! Comprei em ingles, se chama What the Dog Saw. Ele é uma espécie de conselheiro para assuntos aleatórios, né? Num dos artigos ele discorre sobre os late bloomers, as pessoas que nao consideramos genios, apesar de terem obtido sucesso nas suas empreitadas, apenas porque esse sucesso veio na segunda metade da vida (considerando uma vida de 80 anos ou mais). Achei tao bacana… ele aponta que estas pessoas, além do óbvio esforço continuado, têm em comum o fato de cronicamente se sentirem incompetentes e portanto tentarem mais e mais, e pesquisarem, e estarem eternamente insatisfeitas consigo próprias. Sao pessoas que sofrem… 🙂 Mas uma hora sao recompensadas! Ele cita exemplos – da literatura, da pintura – e lembra que em geral essas pessoas tiveram suporte: da família, de amigos, de mecenas. Enfim, tenho a impressao que é um artigo que completa o assunto dos Outliers! E confesso que achei legal a coincidëncia… espero que vc esteja ótima.
    Beijos!
    bruna

  4. Sugestão de leitura para as férias « Random Walk Says:

    […] fazer um contraponto, o post “Sucesso e fracasso revisitados” ressalta a perspectiva diferenciada de “Fora de série: Outliers“, […]


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: