Ensinando Economia por meio de jogos em sala de aula

Uma das minhas preocupações como docente e pesquisadora é com o papel desempenhado pelo professor em sala de aula como facilitador da aprendizagem. Eu, ao contrário de muitos colegas, não acredito que minhas aulas não sirvam para nada. Pode ser que para alguns estudantes, com características de autodidatas, realmente minhas aulas não sirvam para nada, mas eu tenho certeza de que este tipo de aluno é minoria, e eu os respeito – que aprendam da melhor forma que podem fazê-lo, contanto que aprendam!

Para a média dos estudantes eu devo, sim, fazer diferença em seu processo de aprendizagem nos momentos em que nos encontramos em sala de aula – é o que chamamos de processo ensino-aprendizagem. Por este motivo, eu dedico parte de minhas horas de trabalho pesquisando, estudando e aprendendo novas técnicas e instrumentos didáticos que me propiciem realizar meu trabalho de docente com maior eficiência.

Desde o ano passado, em projeto de Extensão realizado com uma colega de departamento, venho avaliando os efeitos de se ensinar economia por meio de jogos ou experimentos em sala de aula – o que, como sempre, não é nenhuma novidade em países como os Estados Unidos e Espanha, dentre outros, que utilizam tal metodologia inclusive para o ensino de economia para estudantes de ensino médio. Há vários tipos de experimentos que podem facilmente ser desenvolvidos nas salas de aula que tratam de temas como: decisões individuais, leilões, negociações, teoria dos jogos, estruturas de mercados, alocação de portfolio, moeda e inflação, emprego e produto, etc…, disponíveis em geral nas seguintes fontes: Journal of Economic Education, Economic Inquiry, Journal of Economic Perspectives e Classroom Expernomics.

Por meio desses experimentos, os alunos produzem os dados que podem permiti-lhes descobrir por eles próprios os princípios de economia relevantes, que são, em sequência, cuidadosamente estruturados numa discussão entre professor e alunos.

Claro,  preparar os jogos, escolhê-los no sentido de propiciar a obtenção de resultados concretos que levem os estudantes a aprender, dentro do conteúdo programático da disciplina não é uma tarefa fácil, mas eu tenho ficado satisfeita com os resultados obtidos e acho que vale o esforço.

Para o bem ou para o mal, temos de reconhecer que os estudantes de hoje, nascidos já na era da internet, criados sob forte exposição a informações por meio de mídias diversas, não são como os de vinte anos atrás… Por outro lado, também não tenho ilusões de que se apenas eu fizer meu papel e o estudante não fizer o dele, que requer estudo e dedicação (não existe almoço grátis…), o processo será efetivo. Ainda assim, acredito que inovar é preciso!

13 Respostas to “Ensinando Economia por meio de jogos em sala de aula”

  1. Fernando Says:

    Roseli, você é uma professora muito acima da média. Realmente “puxa” o aluno para aprender.

    Fico desgostoso de saber, mas considero normal, que muitos docentes dizem que as aulas não servem pra nada. Com esse tipo de pensamento, dificilmente esses distintos conseguirão ministrar alguma aula efetivamente boa. Experimentei tipos assim na faculdade e na pós-graduação. São comuns.

    A criatividade em ensinar é fundamental. Utilizar-se de jogos e atividades “heterodoxas” podem resultar em bons frutos. No entanto, a classe pode se dispersar e a condução do conteúdo ser prejudicada. Ainda sim, acredito que seja válido explorar novos métodos.

  2. Liv´s de Lórien Says:

    Ah, se todos os professores fossem assim e amassem ensinar como vc….

  3. Anderson Portugal Says:

    Mais uma vez parabéns pela iniciativa.

    Ao presenciar tal atividade em sala de aula percebi o grande interesse dos alunos num simples tema de economia (oferta e demanda). O qual não tive nas minhas aulas introdutórias de economia.

    Abraços

  4. Nina Says:

    Seu diferencial não é somente sua eficiência ao ensinar, mas, mais importante ainda, é sua vontade de ensinar: sentir fazer parte de uma pequenina transformação e gerar utilidade ao ver um insight nos olhos do pupilo… Este é o professor.

  5. Gustavo Cortes Says:

    Sem comentários… só me resta parabenizá-la por ser tão dedicada às aulas.

    Daqui a uma década, quando também estiver exercendo a docência (se Deus permitir), lembrarei de seu esforço ao preparar minhas aulas.

    Um grande abraço e, novamente, meus parabéns,
    Gustavo.

  6. Enoch Filho Says:

    Olá Roseli!

    Cheguei aqui através do Cláudio, do De Gustibus. Interessante o projeto de extensão para os alunos do ensino médio. Já prevejo que teremos um crescimento no número de vestibulandos interessados em cursar Economia.

    Parabéns pelo blog!

  7. Victor Says:

    Sensacional a alternativa, precisamos disso em todas as escolas do país.

  8. Tati Says:

    Rô…
    Li a reportagem e achei fantástica a ideia de ensinar economia de forma lúdica e divertida aos alunos do ensino médio, afinal sabemos que este assunto é um bicho de sete cabeças para eles.
    Eu,como professora do ensino médio, sei o quanto é difícil envolver os alunos com temas considerados difíceis.
    Quero parabenizar vc e toda sua equipe pelo trabalho!
    Parabéns!

  9. Economia no Ensino Médio « Random Walk Says:

    […] também o post “Ensinando Economia por meio de jogos em sala de aula“. Publicado em Ensinando Economia. Deixar um comentário […]

  10. ENEF: informar ou formar? « Random Walk Says:

    […] era da internet (sobre o assunto, veja os posts “Economia no Ensino Médio” e  ”Ensinando Economia por meio de jogos em sala de aula” […]

  11. Anderson de Souza Says:

    Olá!

    Cheguei aqui ao pesquisar sobre o ensino de economia na sala de aula. Por que não se ensina economia na educação básica? É preciso refletir sobre isso.

    Obrigado.

  12. Ana Paula Duarte Says:

    Prezada Roseli! parabéns pelo trabalho e a paixão claro! Estou iniciando a docencia em economia e sinto imensas dificuldades com o método “cuspe e giz”. Queria saber como localizar na internet este métodos que tanto me atraem e sei são bastantes eficientes com a turma de hoje? espero retorno urgente, pois já tem mais de um mês que pesquiso na internet e não consigo localizar nada… estou desesperada!

    abraços, Ana Paula


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: