Estudar Economia

 

Como esta é a primeira semana de aulas, achei apropriado escrever um post para um público específico: estudantes de Economia.

Resgato, inicialmente, um pouco da minha memória afetiva como estudante de economia… Escolhi estudar economia ainda no ensino médio, pasmem: por conta do curso de Educação Moral e Cívica! Um verdadeiro resquício da ditadura, que, para minha felicidade, tinha como professora uma adorável e carismática estudande de mestrado de antropologia da PUC de São Paulo… Bendita incongruência do sistema! Esta criatura, de cuja imagem peculiar ainda me lembro bem (meio bicho-grilo, fins dos anos oitenta), usava as aulas de Educação Moral e Cívica para realizar leituras dirigidas e discussões sobre diversos temas sociais, filosóficos e econômicos – todos a partir de um material didático chamado “Coleção Primeiros Passos”. Num dos títulos da coleção, que devia ser “O que é Capitalismo”, aproximei-me pela primeira vez de uma leitura da sociedade, sob o enfoque econômico, a partir da visão de Karl Marx. Fiquei maravilhada! Aqueles assuntos todos me encantavam e a mídia da época, como a de hoje, destacava muito os temas econômicos: só falava do “dragão da inflação” (eu tinha medo… rs), da recessão, das tais “bolsas” que subiam e caiam, do câmbio e dos déficits externos e fiscais, do desemprego, da dívida… Parecia um grande desafio entender essas coisas todas… e era… e é!

Então, tentando entender melhor do que se tratava estudar economia (não havia nenhum economista na família, nem internet… rs), busquei informações no cursinho, li também um livro chamado “Aprender Economia”, do Paul Singer (ainda o tenho, todo grifado… rs), e quando me dei conta de que na segunda fase do vestibular  era preciso saber bem humanas e exatas, aí não tive mais dúvidas! Sempre tive mais aptidão para exatas, mas também não queria deixar de estudar e aprender humanidades… Economia caiu como uma luva!

Estudar Economia é isso… essa mistura de exatas e de humanas: conhecer a história e o momento presente, com suas complexas interrelações entre a esfera econômica, social, política e filosófica (o Homem é um bicho complicado…), e ser capaz de reconhecer as principais relações na esfera econômica, abstraí-las do todo complexo, por meio de teorias e modelos bastante abstratos e, muitas vezes, beneficiados pelo uso da linguagem universal e simples da matemática e, assim, compreender, estabelecer, mensurar e analisar relações de causa e efeito.

Com isso, objetiva-se compreender a organização social em sua profunda interrelação com o modo de produção de bens e serviços, ou seja: com a maneira pela qual o Homem, ao longo do tempo, tentou solucionar o problema de escolher o que produzir, como produzir e para quem produzir, dentre os diversos fins que podem ser dados aos recursos disponíveis, que são escassos… (Eis a definição clássica da Ciência Econômica).

É isso! Bom início de aulas a todos!

 

 

 

 

Anúncios

Inaugurando

 

Finalmente decidi, com a firmeza de convicção necessária, iniciar um blog – uma decisão parecida com aquelas de início de ano… Uma decisão difícil, preciso dizer, para quem ter por hábito e por força de profissão o cuidado com a língua pátria segundo a norma culta, o burilar de um texto por semanas, às vezes meses…

Isto aqui exige rapidez, despojamento, desapego e, principalmente, coragem para expor erros de toda sorte, humildade para corrigi-los quando descobertos ou apontados pelos leitores, ou mesmo um certo desleixo em deixá-los lá onde estão ainda que sabidos. Grande desafio!

Não pretendo trazer para este espaço discussões extremamente técnicas e/ou complexas em minha área de atuação, a Economia – para isso faço uso de outros fóruns. Ao contrário, quero aqui aperfeiçoar minha capacidade de falar sobre economia numa linguagem simples e acessível, até mesmo informal, permitindo-me emitir avaliações normativas – o que procuro não fazer em sala de aula – sobre os diversos temas tratados.

No entanto, Economia não é minha única paixão – sou uma pessoa de múltiplos interesses; o que torna quase impossível circunscrever a temática deste blog… Por isso o título, mais que adequado: Random Walk (Passeio Aleatório) –  um Passeio Aleatório por assuntos, notícias, temas que considero merecerem algum comentário, às vezes técnico, racional, às vezes amador, subjetivo…

Você saberá lendo!

Bem-vindos!!

%d blogueiros gostam disto: